Blog

Mais que uma vitrine, a porta de entrada para a sua loja
Dicas

Mais que uma vitrine, a porta de entrada para a sua loja 22/01/2020

por Adsomos

Mais que uma vitrine, a porta de entrada para a sua loja

Você já passou por uma loja e se deparou com uma vitrine muito bonita ou então só de olhar a vitrine você não quis entrar na loja?

 

Para entendermos melhor, a vitrine é o convite para o consumidor entrar na loja. É através da vitrine que o cliente cria um vínculo com a loja. Ao pensar que montar uma vitrine é simples você está completamente equivocado. 

 

Uma vitrine precisa ter um equilíbrio de cores, de altura, de distribuição dos produtos e o mais importante, condizer com o que se vende. Se o público é mais sofisticado a vitrine não pode ser simples e funciona ao contrário, se o consumidor é mais popular deve haver o cuidado para não sofisticar demais. O público precisa entender que a sua loja vende para ele, ou seja, se uma pessoa mais popular passa pela sua loja e observa uma vitrine com um produto e uma decoração da qual passe a sensação de que ela terá que gastar muito, ela desiste de entrar na loja e procura outra que converse melhor com o seu bolso. 

 

A vitrine pode ser utilizada de sete maneiras:

 

1 - Promocional: É utilizada nas datas importantes como Dia dos Namorados, dos pais e mães. 

 

2- Publicitária: A segunda forma de se utilizar é a publicitária, que é o momento que a vitrine vai conversar com alguma campanha publicitária do momento. 

 

3- Comemorativa: A vitrine comemorativa, como já diz o próprio nome, ela tem o intuito de comemorar alguma data importante, como o aniversário da cidade.

 

4 - Sazonal - Vitrine sazonal reforça ou destaca as tendências das estações do ano, como primavera, verão, outono e inverno. 

 

5 - Cotidiana: A cotidiana aproveita elementos do dia-a-dia para montar "cenários" onde estão expostas as mercadorias. 

 

6 - Produto: A vitrine do próprio produto, que não tem decoração, tendo a produção baseada apenas no próprio produto e nos expositores da loja. 

 

7 - Institucional: A última vitrine é a institucional, que tem por objetivo não concretizar vendas imediatas, mas criar uma clima de prestígio para loja, mais utilizada em inauguração da loja por exemplo.

 

Após entendermos como cada vitrine pode ser usada, precisamos entender os elementos de composição. Ao montar uma vitrine, precisamos distribuir os produtos e os elementos dentro do espaço disponível de forma harmoniosa e para isso, ao desenhar a vitrine, precisamos ficar atentos aos seguintes elementos: 

 

O primeiro é o equilíbrio das mercadorias que podem ser dividido em dois equilíbrios, o simétrico e assimétrico. No simétrico ainda temos a simetria rígida e a simetria variável. Em segundo as cores dos mesmos, além da iluminação do espaço, os expositores e os objetos decorativos. 

 

E aí, qual vitrine você utiliza na sua loja? É importante estar atento ao que a sua loja está vendendo no momento para que a sua vitrine seja a porta de entrada para uma venda.