Blog

Inteligência Competitiva: Omnichannel
Dicas

Inteligência Competitiva: Omnichannel 21/11/2019

por Adsomos

Inteligência Competitiva: Omnichannel

Antes de mais nada vamos explicar o que significa Inteligência Competitiva (IC) e Omnichannel, para que fique mais claro quando abordarmos os temas.

 

Omnichannel é uma estratégia de sincronizar todos os canais de relacionamento e atendimento da marca, afim de proporcionar ao cliente a melhor experiência de consumo. A inteligência Competitiva, mais conhecida como inteligência de mercado, é um dos assuntos mais explorados no mundo corporativo. Ela é uma forma proativa de captar e organizar informações relevantes sobre o comportamento da concorrência, mas também dos clientes e do mercado como um todo, analisando tendências e cenários, permitindo um melhor processo de tomada de decisão em um curto e longo prazo.

 

Os responsáveis pelas inovações e tecnologias do varejo são os próprios consumidores, que a cada ano que passa, se tornam mais exigentes e acabam forçando as empresas a mudarem de acordo com as suas necessidades e desejos.

 

Na transformação da era digital, as lojas físicas passaram a ser utilizadas como centro de distribuição das lojas online, ambas se complementando. Com isso, a logística da empresa se torna mais simples, pois integra os pedidos a reposição rotineiras das lojas, melhorando a utilização dos espaços físicos e diminuindo custo de transportadoras.

 

Na maioria das vezes, o consumidor é atraído pelo frete grátis, e não raras vezes, é beneficiado em maior agilidade por contar com disponibilidade imediata. Segundo os dados da NRF 2019, o e-commerce continua sendo tendência no varejo, mas as lojas físicas estão de volta e desempenham um papel fundamental para o desenvolvimento do setor.

 

A integração entre canais permite que a marca ofereça ao consumidor comodidade, eficiência e melhor experiência de compra, trazendo mais vendas para a marca e fidelização do cliente. Ao integrar os canais físicos com o digital, permite fazer com que os recursos de ambos os ambientes se somem para garantir processos mais completos e dinâmicos. 

 

O exemplo mais simples de Omnichannel é a possibilidade de comprar online e retirar o produto na loja física. Um processo, que aos olhos dos clientes pode parecer fácil, mas que exige um grande esforço e planejamento dos varejistas. Estes que utilizam a inteligência competitiva para coletar, analisar e aplicar informações do mercado em tomadas de decisões estratégicas, que visam o ganho de vantagens competitivas em relação a concorrência. 

 

Ou seja, permitir que os funcionários vejam o estoque da loja em tempo real, além de oferecer aos clientes a possibilidade deles comprarem pelo site e retirarem na loja, e eles poderem visualizar os status dos seus pedidos em qualquer canal, ainda é muito importante para a execução das estratégias omnichannel do varejo.